top
topada



Receba nossas informações.
  Email: 
Artigos

Artigos


PRETOS VELHOS


A LINHA DE PRETOS-VELHOS!

Durante o período da escravidão muitos milhares de crianças, mulheres e homens foram comprados em mercados de escravos africanos e trazidos para o Brasil. Aqui trabalharam duramente construindo a nova nação. Sofreram todo tipo de maus-tratos e humilhações quando ensaiavam qualquer forma de revolta contra a condição escrava, ou porque seus donos consideravam natural tratá-los assim. E, apesar de tudo, ainda tiveram forças para reconstruir
sua cultura e sua religião na nova terra contra toda a oposição que encontraram.
O tempo passou, a escravidão terminou e, pouco a pouco, as religiões de origem africana, puderam crescer.
No início do século XX, nasceu a Umbanda e, nela, os espíritos dos antigos escravos começaram a se mostrar em toda a sua realidade de almas bem-aventuradas, espíritos cheios de luz.
Temperando sua grande sabedoria com imensa bondade de seu coração os chamados Pretos-Velhos e PretasVelhas se aproximaram de nós, seus fiéis,para, através de seus conselhos, resolver as nossas dúvidas, iluminar os
nossos caminhos e curar os nossos males.
Os Pretos-Velhos moram no reino de Aruanda, do outro lado do oceano, para onde retornaram em espírito, e toda a sua ancestralidade familiar. Quando escutam as cantigas nos terreiros, vêm de lá visitar seus “netos” que vivem no lado de cá. Estes espíritos de luz (eguns), ao se manifestarem entre nós, nos dão uma grande lição: o valor do indivíduo deve ser apreciado por seus atos, e não por sua aparência. Assim é que esses grandes guias, não são reis e nem mestres mas pais, tios, tias, vovôs e vovós.
Os Pretos-Velhos se vestem com simplicidade, usam branco e preto;
relembram seus tempos antigos no gosto pelo cachimbo, bom café sem açúcar, o fumo mascado. Um rosário e uma bengala costumam ser seus acessórios preferidos. Como fazem parte das Almas bem aventuradas, sua saudação é:Adorei as Almas!
A festa do dos Pretos-Velhos é realizada no dia 13 de maio, data da assinatura da lei Áurea, que aboliu a escravidão no Brasil (?).
A Linha dos Pretos-Velhos também é chamada Linha das Almas, Yorimá ou Linha Africana. Seu chefe supremo é São Cipriano.
É constituída de grande grau de desenvolvimento, conhecedores de todos os segredos da magia, e que empregam seu saber na prática da caridade. São conselheiros, protetores e curadores.
A linha é dividida em sete Legiões:

Legião do povo de Angola, chefiada pop Pai José.
Legião do povo de Bengala, chefiada por Pai Benguela.
Legião do povo da Costa, chefiada por Pai Cambinda.
Legião do povo do Congo, chefiada por Rei do Congo
Legião do povo de Guiné, chefiada por Zum Guiné.
Legião do povo de Luanda, chefiada por Pai Francisco.
Legião do povo de Moçambique, chefiada por Pai Jerônimo.

O que mais me chamava a atenção nos Pretos-Velhos, era a disponibilidade em nos atender, o carinho, atenção, a maletinha com fitinhas, terços, patuás, pemba, mandingas, peninhas, etc. Lembro do meu primeiro contato com Preta-Velha Maria Conga, dos seus conselhos e abraço apertado.
SARAVÁ, TODOS OS PRETOS-VELHOS!



Bibliografia: Cantigas de Umbanda, organização Eneida Gaspar.

 

Rua Victor Meireles, Nº 291 -Final da rua (rua sem saída). Uberaba - Curitiba - Paraná. Cep: 81580-480
Ônibus: Canal Belem Praça Rui Barbosa descer no ponto final. 2ª Rua a Esquerda. COM ESTACIONAMENTO.
Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por Guimaster Web Service